Atenção, o seu browser está desactualizado.
Para ter uma boa experiência de navegação recomendamos que utilize uma versão actualizada do Chrome, Firefox, Safari, Opera ou Internet Explorer.

Notícias

RFF defende que parte do IRS retido pelos trabalhadores deve ficar nas empresas

12-01-2021, in Renascença

Rogério Fernandes Ferreira, que foi secretário de Estado dos Assuntos Fiscais de António Guterres, lembra que as ajudas do Estado estão a chegar demasiado tarde às empresas.

O antigo secretário de Estado dos Assuntos Fiscais de António Guterres, Rogério Fernandes Ferreira, propõe que as empresas possam ficar com uma parte do IRS retido pelos trabalhadores para enfrentar eventuais dificuldades de tesouraria resultantes da redução da atividade, no contexto da pandemia.

Leia a notícia completa em anexo.