Atenção, o seu browser está desactualizado.
Para ter uma boa experiência de navegação recomendamos que utilize uma versão actualizada do Chrome, Firefox, Safari, Opera ou Internet Explorer.

Notícias

Best Lawyers distingue advogados RFF

20-11-2020
O directório internacional Best Lawyers distinguiu, novamente, na categoria de "Tax Law" a RFF & Associados, destacando os sócios Rogério M. Fernandes Ferreira, reconhecido há mais de 10 anos consecutivos, e Marta Machado de Almeida, e agora também a associada sénior coordenadora Vânia Codeço. A RFF & Associados destacou-se, ainda, na categoria de Corporate Law com a distinção do sócio e fundador Rogério Fernandes Ferreira e ainda do as...

RFF & Associados distinguida pelo Corporate INTL

20-11-2020
A RFF & Associados foi seleccionada “Tax Law Firm of the Year in Portugal - 2021” pelos Corporate Intl Magazine Global Award. O directório Corporate INTL conecta líderes empresariais, financeiros e consultores em todo o mundo.

RFF orador no 2º Congresso Internacional da OAB de São Paulo

10-11-2020
Rogério Fernandes Ferreira integrará, como orador, o 2º Congresso de Direito Tributário da OAB SP (Ordem dos Advogados Brasileiros de São Paulo), em webinar, onde serão discutidos temas de Tributação Brasileira e mundial, a decorrer entre os dias 09 a 13 de novembro. O sócio e fundador da sociedade de advogados RFF & Associados fará a sua intervenção sobre o tema “Os smart robots e a nova capacidade tributária eletrônica” no...

Conferência "O.E. 2021: Propostas Fiscais" - “Retoma do caminho da disciplina financeira é muito importante”, diz Artur Santos Silva

27-10-2020, in ECO
presidente honorário do Conselho de Administração do Banco BPI, Artur Santos Silva, salientou esta terça-feira a intenção da proposta de OE2021 em retomar o caminho da disciplina financeira, sublinhado a importância de este se manter nos anos seguintes.
Download PDF

Vânia Codeço afirma “A justiça tributária foi infetada pela Covid 19 e esteve longos meses em coma”

27-10-2020, in Jornal Económico
Vânia Codeço, Associada Sénior (coordenadora) da RFF & Associados, revela a impreparação a justiça tributária, em particular dos tribunais, e a resposta lenta às necessidades da gestão da pandemia. Regista ainda que as inspeções tributárias e os processos de execução fiscal pararam, tendo os tribunais tributários funcionado numa lógica de serviços mínimos com o lockdown a transformá-los num órgão de soberania “quase ausente”.
Download PDF